O MAIOR PORTAL DE notícias de

DRONES

INSCREVA-SE AGORA E RECEBA NOTÍCIAS GRATUITAMENTE EM SEU E-MAIL!!!
 

MILHARES DE PESSOAS SERÃO SALVAS POR DRONES NOS PRÓXIMOS ANOS.

12/02/2019

Os drones estão se tornando cada vez mais presentes em nosso cotidiano, muitas industrias já utilizam essa tecnologia para as mais diversas aplicações como, agricultura, inspeção, topografia, segurança e entre essas utilizações está a busca e salvamento de pessoas e até mesmo transporte de SANGUE na africa. Veja nessa matéria algumas utilidades dos drones nos próximos anos.. 

 

 

 

 

 

 

Assim como um brinquedo, os drones podem ser encontrados em parques, em cidades, e estão sendo cada vez mais usados ​​para a produção de vídeos à medida que a popularidade da fotografia aérea aumenta. No entanto, drones não são apenas para diversão e entretenimento, e esses equipamentos podem substituir até mesmo sirenes de ambulâncias.

 

Em março de 2017, a DJI, fabricante dos drones comerciais mais populares do mundo, publicou um relatório sobre as capacidades dos Drones de salvar vidas, citando casos em que drones foram usados ​​em situações de emergência como inundações e avalanches, resultando em resgate salva-vidas na China, Canadá, EUA e Turquia. Em uma área que seria necessário 25 pessoas e mais de 35 horas para monitorar uma área de 2 km2 para encontrar pessoas desaparecidas, o drone leva apenas 30 minutos para cobrir a mesma área, independentemente das condições traiçoeiras no solo, os drones são especialmente adequados para busca e salvamento. Com base na tendência crescente de uso de drones nos últimos 10 meses segundo o relatório, a DJI estimou que os drones serão diretamente responsáveis ​​por salvar pelo menos uma pessoa por semana no futuro.

 

O drone será mais um olho no céu, no lugar certo e no momento certo durante desastres naturais ou operações de busca e salvamento. Os drones desenvolvidos especificamente para fornecer suprimentos médicos para áreas carentes se tornaram uma indústria de logística médica e humanitária, substituindo a infra-estrutura inadequada de transporte terrestre para se tornar uma parte essencial do sistema de saúde global. Esses desenvolvimentos na entrega com a utilização de drones apontam para um futuro em que milhares, se não milhões, de vidas serão salvas pela intervenção de veículos aéreos não tripulados.

 

 

 

ENTREGA DE SANGUE

 

Um dos pioneiros mais notáveis ​​em equipar a cadeia de suprimentos médica com os drones é a Zipline, uma empresa sediada na Califórnia que fechou um acordo com o governo em outubro de 2016 para fornecer sangue, plasma e plaquetas a 21 hospitais. Em abril de 2018, este programa foi considerado um enorme sucesso, e os drones da Zipline voaram 4.000 voos, cobrindo 300.000 quilômetros e entregando 7.000 unidades de sangue, um total de 20–25% do suprimento nacional de sangue fora da capital de Ruanda, Kigali. Dos 4.000 voos, 1/3 foram uma resposta direta a uma situação de emergência que, sem a entrega oportuna de sangue, colocaria vidas em perigo, de modo que podem estimar-se que os Drones salvaram pelo menos 1.333 pessoas em 2018.

 

Em suas tentativas de distribuir suprimentos para 10 milhões de ruandeses, a Zipline projetou uma aeronave personalizada que é mais eficiente do que qualquer drone comercialmente disponível, capaz de voar quatro vezes mais rápido que a média dos quadricópteros e atender uma área duzentas vezes maior. A aeronave Zip foi nomeada uma das melhores invenções da TIME em 2018 , em parte porque a Zipline continuou a iterar e melhorar seu design nos últimos dois anos. Essas otimizações diminuíram o tempo de espera entre um pedido de sangue ou suprimentos médicos de um hospital para 30 minutos ou menos, e aumentaram o número de voos diários de 50 para 500. Os esforços aumentaram o acesso dos hospitais aos produtos sanguíneos em 175% e, graças a cadeia de fornecimento construído em consulta com os profissionais médicos de Ruanda, foi reduzido o desperdício e a deterioração em 95%.

 

Em agosto de 2017, eles expandiram suas operações para a Tanzânia e ampliaram seus estoques além dos produtos de sangue para incluir vacinas de emergência, medicamentos para o HIV, antimaláricos, antibióticos, reagentes de laboratório e suprimentos cirúrgicos. Na Tanzânia, eles buscam atender mais 10 milhões de pessoas, com 2.000 partos por dia para 1.000 instalações em todo o país. Com base no sucesso desses empreendimentos salvadores de vidas na África, a Zipline voltou suas atenções para os territórios dos EUA, aguardando a aprovação da Administração Federal de Aviação (FAA).

 

 

TRANSPLANTE DE ÓRGÃOS E MUITO MAIS

 

Um esforço semelhante realizado pela Matternet, outra startup de Drones do Vale do Silício, lançado em Malawi em 2016. Dez mil crianças por ano em Malawi (mais do que um ônibus escolar cheio por semana) morrem de ter nascido com HIV positivo, em parte porque os métodos de diagnóstico que dependem do transporte terrestre, muitas vezes, não confirma os tratamentos necessários por até oito semanas. O transporte aéreo da Matternet de amostras de sangue para o HIV demonstrou grande potencial para uma redução nesta janela crucial e expandiu seus hospitais de operações na Suíça, e a UNICEF continuou a iniciativa de melhorar as perspectivas de saúde dos Malawianos abrindo um corredor de testes em Malawi para projetos adicionais.

 

A Wings for Aid, com sede na Holanda, vem desenvolvendo drones que podem carregar ainda mais cargas pesadas, e a Vayu , apoiada pela Médicos Sem Fronteiras e pela Fundação Bill & Melinda Gates, realizou testes bem-sucedidos em Madagascar. E embora possa parecer das numerosas iniciativas que foram lançadas após o sucesso da Zipline, as cadeias de suprimentos médicos são uma indústria global de US$70 bilhões de dólares e bilhões de pessoas ainda não têm acesso a cuidados de saúde adequados, levando à morte de 5.2 milhões de crianças por ano.

 

No futuro, os drones irão fornecer tecnologias médicas que ainda precisam ser inventadas, muito menos testadas e regulamentadas. Como um exemplo, um sistema de entrega de transplante de órgãos proposto por estudantes de pós-graduação que concorrem ao prêmio Drones for Good dos Emirados Árabes Unidos em 2015 foi rapidamente arrematado por um fabricante chinês e uma empresa de biotecnologia nos EUA nos próximos 15 anos. A razão para a longa linha do tempo é que parte do plano é cultivar os órgãos em porcos - ou cultivar órgãos de porco em laboratórios que seriam compatíveis para uso humano.

 

Enquanto os regulamentos de transporte com drones e avanços médicos evoluem exponencialmente lado a lado, os Drones podem ter um significado literal com transplantes de córnea sensíveis ao tempo, possibilitados pelo transporte aéreo, e crescer para incluir corações, fígados e pulmões no topo do cadeias de suprimento de sangue e médicas existentes. Um teste recente da Universidade de Maryland descobriu que os rins já podem ser transportados em condições estáveis ​​por um drone DJI M600 Pro por exemplo....

 

Mais de 34.000 transplantes de órgãos foram realizados em 2017, e 20 pessoas a cada dia morreram à espera de um. Se esse número fosse reduzido pela metade, mais de 3.650 vidas poderiam ser salvas a cada ano pelo rápido transplante de órgãos. E com milhões de pessoas em países com infraestrutura de transporte terrestre limitada obtendo suprimentos médicos por meio de iniciativas como a de Zipline, o número de vidas salvas pelos drones nos próximos cinco anos pode chegar a dezenas ou centenas de milhares.

 

Fonte: [MEDIUM]

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

RECOMENDADO

COMO REALIZAR MAPEAMENTO DE GRANDES ÁREAS COM DRON...

23/10/2018

1/4
Please reload

AGISOFT METASHAPE - MAPEAMENTO AÉREO COM DRONES

06/11/2019

1/6
Please reload

RUMORES DE UM NOVO DRONE DA DJI CIRCULAM NA INTERN...

13/08/2019

1/6
Please reload

ESCOLA DE DRONES - CURSO PILOTO DE DRONES

Interessado em Drones? O que acha de iniciar um curso de capacitação profissional nessa area que não para de crescer no Brasil e no mundo inteiro. Com variadas aplicações e diversos beneficios os Drones serão muito utilizados por todos no futuro, não perca tempo!!